sábado, 19 de janeiro de 2019

Jornalismo com licença de uso e porte de arma


Alguns oficiantes do Jornalismo dão-se a supor que há mais glória no poder que se arrogam de semear a dúvida sobre a probidade de pessoas do que na exaltante procura da verdade. Temo que a carteira profissional se tenha transformado numa licença de uso e porte de arma.
.   

terça-feira, 15 de janeiro de 2019

Quadratura do círculo

Embora não seja representativo do espectro social, cultural e político do país (se calhar não tinha de ser...), o programa Quadratura do Círculo, na SIC Notícias, é do mais interesse que há para ver e escutar. É uma pena acabar.
.

domingo, 13 de janeiro de 2019

quinta-feira, 10 de janeiro de 2019

Sobre a posse de Nicolás Maduro

O Presidente reeleito da Venezuela, Nicolás Maduros Moros, tomou hoje posse contra ventos e marés.

Contrariando a propaganda do boicote internacional, 94 delegações dos cindo continentes, assim como representações da ONU e sistema das Nações Unidas e até da Santa Sé, estiveram presentes numa cerimónia muito significativa.

Uma posição corajosa de Mário Mesquita

Conto voltar ao tema em breve, mas tenho urgência em saudar o vice-presidente da Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC), Mário Mesquita, por esta posição corajosa.

quarta-feira, 9 de janeiro de 2019

Da Andaluzia para o mundo, o fascismo em reconstrução

A tralha franquista do Partido Popular fez um acordo com o fascista Vox para viabilizar o Governo do PP com os direitinhas modernaços do Cidadania na Andaluzia.
Para já, está acordado o pacto para substituir a Lei da Memória Histórica por uma chamada Lei da Concórdia, como se a lavandaria da prolongada “transição” não viesse branqueado demasiado a História da repressão.
Depois não se queixem.

segunda-feira, 7 de janeiro de 2019

Sobre os "coletes amarelos" em França

1. O “movimento” dos “coletes amarelos”, desencadeado em 17 de Novembro em França, é um assunto demasiado complexo para ser encarado com a forma simplista com que alguns nos querem vender o “problema”. Será um erro trágico persistir nessa estratégia e os franceses vão pagá-lo com língua de palmo.

Verdades como punhos

Porto, Rua do Bonjardim, Janeiro de 2019

domingo, 6 de janeiro de 2019

O passo que falta a López Obrador

Andrés Manuel López Obrador (foto obtida no sítio oficial do Governo do México)

À medida que se aproxima a posse de Nicolás Maduro, como Presidente reeleito da Venezuela, a oposição mais exaltada, em concertação evidente com as acções da direita internacional ingerencista, regressa à narrativa da ilegitimidade da consulta popular de 20 de Maio de 2018, ostensivamente boicotada - com falta de comparência e apelos à abstenção.

sábado, 5 de janeiro de 2019

Cada cavadela, cada minhoca


Portanto, a manipulação na televisão é mais fofinha...


sexta-feira, 4 de janeiro de 2019

Venezuela ameaçada, região em perigo

Nicolás Maduro, Presidente da Venezuela (foto da AVN)

Na próxima quinta-feira, 10 de Janeiro, Nicolás Maduro deverá ser reempossado Presidente da República Bolivariano da Venezuela, por vontade dos venezuelanos que o reelegeram em eleições legítimas que a oposição tentou boicotar.

quinta-feira, 3 de janeiro de 2019

Não são fake news, é fascismo

O capitão na reserva nostálgico da ditadura militar brasileira (1964-1985), da qual foi fiel serventuário, Jair Bolsonaro, e a sua pandilha de generais e outros oficiantes mais ou menos directos do fascismo renascente, puseram de fora as garras da desforra, ao cabo de 30 anos de democracia, e confirmam o propósito sinistro de fazer regredir o Brasil aos tempos das perseguições, do terror e das trevas.

quarta-feira, 2 de janeiro de 2019

Concerto pela Paz

Vale a pena agendar:


terça-feira, 1 de janeiro de 2019

Triste dia no Brasil


A qualidade boçal e caceteira, destilando ódio, dos dois discursos de Jair Bolsonaro, alçado ao lugar de 38.º Presidente da República Federativa do Brasil e empossado hoje, evidencia muito bem para que servirá este tosco fascista. Mas não tardará o arrependimento do povo brasileiro e da própria elite da direita que o patrocinou. Tristes dias vive o Brasil a partir desta tarde.

sábado, 22 de dezembro de 2018

Notícias para desocultar

Se não sabiam, ficam a saber


Edição Nº 16 | 2018-12-21

ESTADOS UNIDOS RETIRAM-SE DA SÍRIA

Vinda de onde vem, a notícia é para ser encarada com cautela. No entanto, até decisão em contrário, a Administração Trump mandou retirar as suas tropas que estão ilegalmente na Síria, confrontada com uma profunda alteração da relação de forças no terreno. O reforço do apoio defensivo russo a Damasco alterou as regras do jogo, o número de ataques da "coligação internacional" caiu em flecha e desde 18 de Setembro que Israel não se atreve a fazer qualquer incursão sobre território sírio.
Não é de estranhar, portanto, que as barreiras levantadas à agressividade e ao expansionismo imperiais causem mossa. Neste Nº16 de O Lado Oculto, já online, deitámos o Pentágono e a NATO no divã. O diagnóstico não surpreende, mas explica muito sobre o estado deplorável em que o mundo se encontra: paranoia e esquizofrenia. A Aliança Atlântica, então, esmera-se ao imaginar os cordelinhos manipulados por Putin chegarem a todo o lado, dos separatismos catalão, de Porto Rico, do Hawai e do Texas ao Brexit, coletes amarelos e eleições onde quer que se façam.
Mas nem a NATO nem os seus braços aprendem com os factos e continuam à procura de mais do mesmo. Nos Balcãs, permitem que as suas criaturas terroristas islâmicas do Kosovo ousem transformar-se em exército regular, ofendendo as normas internacionais em vigor; na Ucrânia, o nazismo governante começou a pensar em deitar mãos a armas nucleares, confrontado como está com uma irreversível deterioração político-social e o impasse na guerra que move contra as comunidades russófonas do território; nas Américas, insistem na obsessão de invadir a Venezuela, o que fez com que um dos arautos da ideia, Luís Almagro, secretário-geral da Organização dos Estados Americanos (OEA) tenha sido expulso da coligação política que, anteriormente, o levou a chanceler do governo do Uruguai; a própria ONU parece contaminada: inerte perante os riscos que ameaçam os Balcãs, entende também que o combate à contínua degradação política, social e humanitária no paupérrimo Haiti deverá assentar em mais efectivos policiais.
Ainda nas Américas, vale a pena ler o trabalho que nos explica como Jair Bolsonaro vai colocar à frente da sua diplomacia um homem, Ernesto Araújo, pronto a "fazer limpeza" na casa por onde já passaram grandes figuras humanitárias da cultura brasileira e da língua portuguesa como Luís de Souza Dantas, João Guimarães Rosa, João Cabral de Melo Neto e Vinícius de Moraes. Sinal dos tempos.
Sinal dos tempos é também a operação "Fake News", o fenómeno em andamento que, partindo de preocupações legítimas e inquietações justificadas, tem uma ambição censória cada vez mais evidente no afã de asfixiar, desacreditar, silenciar, perseguir as vozes que explicam haver mundo para além da versão oficial e global mainstream dos acontecimentos.
Ainda sinal dos tempos, de todos os tempos, é a incapacidade de Portugal segurar os seus cidadãos activos, capazes e bem preparados, de modo a contribuírem para o desenvolvimento do país. Avaliamos as causas da emigração e as conclusões são inquietantes: começámos pela intolerância e estagnamos na falta de respeito pelo trabalho dos portugueses.

quarta-feira, 5 de dezembro de 2018

Evocação de Armando de Castro

É favor agendar, sem falta.


sexta-feira, 30 de novembro de 2018

No 40.º aniversário do NDMALO-GE


Texto da apresentação no encerramento das comemorações do 40.º Aniversário do NDMALO – Núcleo de Defesa do Meio Ambiente de Lordelo do Ouro – Grupo Ecológico, realizada hoje no salão nobre da ex-Junta de Freguesia de Massarelos, no Porto: 

domingo, 25 de novembro de 2018

Escrita Fotográfica, para aprender a olhar


O fotógrafo e ex-fotojornalista António Campos Leal mantém, com militante empenho, um blogue sobre aspectos e fundamentos teóricos da fotografia chamado "Escrita Fotográfica" que os amadores e até profissionais do ofício deveriam ler/acompanhar.


segunda-feira, 29 de outubro de 2018

O ascenso do fascismo é coisa séria

O partido de extrema-direita Alternativa para a Alemanha (AfD) acaba de entrar no parlamento do último estado federado em que não tinha representação, sufragado por 12% a 13% dos votantes, que fizeram  a União Democrata Cristã (CDU) descer mais de dez pontos percentuais o Partido Social Democrata (SPD) com diferença negativa idêntica. A líder do SPD já fala na necessidade de rever a aliança que conforma o governo central. O perigo espreita ostensivamente.

domingo, 28 de outubro de 2018

Marcelo selfiza e a rapaziada publica

Consta dos velhos manuais do jornalismo que o jornalista não deve ser notícia, a não ser por alguma razão extraordinária. Os tempos modernos, de relativização de regras e até de princípios que pareciam correctos, contrariam essa ideia, banalizando holofotes sobre estes profissionais, chamados a fruir o festim de frivolidades em que o campo do jornalismo se tornou pródigo.

domingo, 21 de outubro de 2018

Bolsonaro em nós

Estou a matutar, ainda muito chocado com a divulgação da imagem de três detidos, numa humilhação gratuita e num tratamento degradante atentatórios da simples ideia de civilização, e também na divulgação, em contraponto à justa condenação daquela divulgação, de mensagens que exteriorizam os instintos de vingança mais primários que desejaria erradicados numa sociedade moderna e num Estado Democrático de Direito.

sábado, 20 de outubro de 2018

Os jornalistas e a paz

Intervenção no Encontro pela Paz. A foto é de Adérito Machado


Intervenção no Encontro pela Paz, em Loures, organizado pelo Conselho Português para a Paz e a Cooperação (CPPC) e por várias outras organizações, unidas numa plataforma e num lema de extraordinário alcance: "Pela Paz todos não somos demais":

sexta-feira, 19 de outubro de 2018

Intelectuais e o ascenso do fascismo no Brasil

Na Antena 2, Paulo Alves Guerra tem em estúdio um pianista brasileiro de sucesso. Delicadamente, interroga-o, por duas vezes e outras tantas maneiras diferentes, sobre as eleições no seu país. 
Outras tantas vezes o artista declina dizer o que pensa, para além da "aflição" com o "país dividido", interessando-lhe mais declarar que que está na Europa "como brasileiro para dar o (seu) melhor".
Esta mistura de aparência de neutralidade e de patriotismo enjoa-me. Também é assim que o fascismo vai chegando...

sábado, 13 de outubro de 2018

Dos directos


A sério que é preciso esta cena?...
Qual é o "critério jornalístico" do directo molhado?

terça-feira, 9 de outubro de 2018

O franco-brasileiro e a televisão portuguesa


Alguém me explica, nem que seja devagarinho, para eu perceber, por que razões este senhor, franco-brasileiro (classifica-se algures) nascido no Brasil, diplomado em Paris, presidente do grupo francês Renault, fala em inglês à correspondente (portuguesa) em Paris?
Agradecido.


quarta-feira, 3 de outubro de 2018

Da ortografia de serviço à RTP


De facto, não seria melhor a RTP apurar se este senhor deputado terá mais fatos, além deste?

segunda-feira, 1 de outubro de 2018

Salvador Allende

Por favor agendar


domingo, 30 de setembro de 2018

Interrupções

Entroncamento, Setembro de 2018

sexta-feira, 21 de setembro de 2018

Dia Internacional da Paz


A convite do Conselho Português para a Paz e a Cooperação, participei hoje num debate, no Clube Fenianos Portuenses, com Ilda Figueiredo e Henrique Borges. Nesta bela iniciativa, se sala cheia e interessada, disse o texto que se segue:

segunda-feira, 17 de setembro de 2018

A Paz em debate

Por favor agendar