terça-feira, 12 de janeiro de 2016

Das comunicações públicas inacessíveis para o comum dos mortais

Por definição, um "comunicado", uma "nota informativa" ou uma "nota de imprensa" destinam-se a divulgação geral, com o intuito de fazer chegar os respectivos conteúdos - a mensagem! - ao maior número possível de pessoas.
Como isso parece muito claro para qualquer pessoa medianamente letrada e sem carecer de conhecimentos específicos em Comunicação e Jornalismo, e como hoje em dia tais "notas" estão habitualmente disponíveis nos sítios em linha e outros espaços em rede das entidades que os difundem, escrever coisas como "segundo a nota informativa (ou o comunicado) a que o (jornal, ou o canal de rádio ou televisão, ou a agência noticiosa) "X" teve acesso" revela:
a) lacunas dificilmente desculpáveis; ou
b) uma petulância infantil que alguém maduro deveria fazer o favor de corrigir atempadamente.