segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Ofensa a jornalistas, injúria à magistratura

"Seria grave e imerecida ofensa para os nossos jornalistas e homens de letras considerá-los incapazes de escreverem em regime de liberdade responsável . E seria também grave e impensável injúria à magistratura portuguesa considerá-la inapta ou incapaz de assegurar o respeito pela lei num regime de imprensa livre”

Francisco Salgado Zenha, Fevereiro de 1967
(in “O Estatuto da Imprensa - Debate” in Cadernos de Hoje n.º 6, Lisboa: Prelo, 1968).
.