quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

A tal palavra


A Porto Editora divulgou hoje aquela a que pomposamente chama "a palavra do ano" - geringonça - escolhida por uns oito mil e tal internautas, apresentados nos media como "os portugueses".
A escolha encheu de gozo os mesmos media que usam a dita palavra a torto e a direito, subjugando-se alegremente à semântica da direita ressabiada, e que hoje mesmo deram largas a desculpas criativas para tentarem escamotear um facto muito claro: que o uso desta palavra como relativa à relação de forças resultante das últimas eleições é uma forma de tomar partido.
Tomo a liberdade de remeter-vos para uma reflexão que publiquei há meses.
.