sexta-feira, 5 de agosto de 2016

Natureza-morta expectante


Estou a pensar, olhando para os suportes das colecções de jornais que aguardam os exemplares diários deste mês, nas fascinantes naturezas-mortas da pintura que, desde Pompeia, convocam o regozijo com a renovação da vida. Talvez os jornais impressos não acabem tão cedo como prognosticam por aí.
.