domingo, 14 de setembro de 2014

Testemunhos de suor, sangue e lágrimas lavrados na pedra

"Rilheiras" em caminho na Serra das Montedeiras, Marco de Canaveses

Um dos vestígios mais impressionantes da actividade humana desenvolvida ao longo de séculos no território são as "rilheiras" deixadas pelas rodas dos carros de bois nas rochas dos caminhos rurais, que trepam montes sem fim. Dia a pós dia, num esforço brutal de homens e animais, numa rotina heróica, carregando pedras para afeiçoar caminhos, muros e casas; carregando matos e lenhas; carregando, enfim, o pão das magras searas escorrendo pelas encostas desbravadas em suor, sangue e lágrimas.
.