quarta-feira, 23 de junho de 2010

Uma peça de Fernando Paulouro

Hoje, gostaria muito de estar aqui.