sábado, 13 de agosto de 2016

Proibini



E se fosse um burkini desenhado por um reputado criador de moda, poderia ser usado?

(A propósito desta notícia)

O que procuro colocar em discussão é a sustentação dos preconceitos. Por isso propunha que equacionássemos uma hipótese limite: é se um estilista mais ou menos famoso - ou uma marca de vestuário conhecida - transformassem em moda o que é estranho à cultura dominante? Arrisco uma resposta: talvez o vestuário tão criticado fosse aceite, sem que isso signifique necessariamente um avanço da tolerância e do convívio entre povos.
A questão das proibições é de facto crucial, por atingir direitos. A proibição do burquíni, cujo uso é muitas vezes imposto, não contribui para a emancipação das mulheres. Proibidas de ir à praia, ficam ainda mais isoladas.