terça-feira, 18 de agosto de 2015

Oiçam o que Octávio Teixeira escreve


"Só será possível implementar políticas alternativas às que têm vindo a ser implementadas se houver uma rutura com os principais constrangimentos a que o país está sujeito.E a primeira rutura deverá ser libertar o país do garrote da dívida pública (e, por arrasto, da dívida externa). Porque a dimensão que atingiu a torna multiplamente insustentável."
Oiçam s.f.f. o que Octávio Teixeira escreve, aqui.

.