segunda-feira, 11 de agosto de 2014

Fixação doentia

Se é completamente incompreensível a doentia fixação do PSD-Madeira no "Diário de Notícias" do Funchal e em jornalistas que trabalham para a imprensa do Continente - nomeadamente Tolentino de Nóbrega ("Público"), Lília Bernardes ("Diário de Notícias", o de Lisboa) e Nicolau Fernandes (TSF) - , não se pode aceitar a contínua perseguição e o recurso à injúria. Condene-se e repudie-se, já que não se pode esperar uma retractação e, muito menos, a emenda. E esperar que o Povo da Madeira ponha a ordem...