terça-feira, 19 de agosto de 2014

Evocação de Federico García Lorca*


Retrato de Frederico Garcia Lorca

Aperta     a porca     Lorca aperta a porca
(se não tomas cuidado cais no charco)
corpo andaluz     mas de polícia à porta
morto sem culpa   mas também sem garbo.

Quem mandou Frederico que chamasses
à tua Andaluzia a ciganice
dos limões     dos toureiros     dos trespasses
de Inácios Sanchez à las cinco?  (E disse).

Gostavas era de homens     meu panasca
de toiros     de machões     de macarenas
de animais quase à morte     quase à rasca
de corintos e balas nas arenas.

Mataram-te por isso     ou por angano.
Não te iludas Garcia     o mal não erra
ou pensavas haver sangue cigano
na chaga duma Espanha aberta em guerra?

J. C. Ary dos Santos**

* No dia do 78.º aniversário do seu assassinato, ainda que o dia exacto não seja consensual. Há quem o situe no dia 17 de Agosto de 1936 e a biografia publicada no sítio da Fundação Federico García Lorca refere o dia 18.   

** J.C. Ary dos Santos e Nuno Calvet, Fotos-Grafias, Quadrante, Lisboa (1971) | Edição fac-similada A Bela e o Monstro, Edições / Rapsódia Final, Lisboa (2014) | Colecção Livros Proibidos II - "Público" 
.