sexta-feira, 8 de agosto de 2014

A abstensim das câmaras à privatização do Metro e da STCP

Por muito que o presidente do Conselho Metropolitano do Porto e seus colegas queiram disfarçar e tentar dourar a pílula, e por muito que se iludam com as promessas do Governo com que se cumpliciaram, a abstenção do seu representante na Administração da empresa Metro do Porto na decisão, de hoje, de levar a concurso a concessão/privatização do Metro e da STCP é um embuste e uma traição. Não foi uma abstenção; foi uma abstensim ao ataque final aos serviços públicos de transportes na região e um grande frete aos operadores privados.
.