terça-feira, 24 de junho de 2014

O que, em publicidade, pode dizer um beijo na presença de crianças

1. O carro (novo) desliza suavemente, a música é serena, romântica, o casal sorri, feliz.
2. O carro imobiliza-se, aparentemente à porta de casa.

3. Enlevado e feliz, o casal prepara-se para trocar um beijo.


4. De repente, um ruído de protesto surge do banco traseiro; duas crianças exigem um esgar entre o espanto e o nojo, surpreendido com a expressão do amor (supõe-se) e da felicidade (parece evidente) dos pais.

É certo, é um anúncio a um novo modelo de uma marca de automóveis. Mas não é apenas um anúncio. Diz talvez muito do modo como o criativo olha para a expressão dos afectos. E diz-nos que é provável que não esteja sozinho nesse modo tão recuado como encara as manifestações de carinho dos pais na presença dos filhos.
Ainda bem que são uma minoria. A maior parte dos casais e das crianças que eu conheço não é assim.
.