quinta-feira, 29 de maio de 2014

Quando a moção de censura está certa...

Considerando inteiramente justa, adequada e acertada a Moção de Censura que o Grupo Parlamentar do Partido Comunista Português (PCP) apresentou na Assembleia da República e que estará, amanhã, em debate parlamentar, também tenho que compreender as "reservas" que alguns deputados do Partido Socialista estão a opor ao voto favorável pré-anunciado pelo secretário-geral do PS.
O problema, para o PS, é que a moção, anunciada em plena noite eleitoral e em coerência com as críticas reiteradas e fundamentadas do PCP, recentra, como deve, a discussão como ela deve ser recentrada. E isto, independentemente de quem é ou virá a ser o secretário-geral do PS. Porque, no essencial, o que importa é mudar de estratégia.
.