quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

Sobre a eficácia da mailocracia

Há uma terrível forma de pressão (será censura?) sobre os media e os jornalistas da qual um dia destes falarei: a falta de resposta às perguntas dirigidas a certos organismos públicos (e empresas privadas também...).
Evidentemente exigidas por correio electrónico ("por favor coloque-as por e-mail, só por e-mail, não, não é possível falar com ninguém, pergunte por esta via que nós respondemos..."), conhecem tantas vezes o silêncio ou a resposta redonda, que nada diz nem pretende esclarecer, antes visa escamotear, desmotivar e demover da impertinência o ofício de perguntar.
Vencerão pelo cansaço?...
.