quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

Cuidado com a propaganda

O anúncio dos valores do défice que Portugal terá registado em 2013 e a roda de presenças e declarações de governantes - incluindo hoje o ministro Pires de Lima, a prestar contas, em Davos, ao capital ("É aqui que está o capital", ministro dixit) e o ministro Poiares Maduro a proclamar, em Trás-os-Montes, que "o pior já passou" - a palrar sobre o suposto mérito do Governo, exige um acompanhamento rigoroso e espírito crítico. Caso contrário, é propaganda. E nesta, o Governo tem tentado esmerar-se...
.