sábado, 18 de janeiro de 2014

À atenção de S. Exa. o Presidente da República

Aqui está, com suficientes e exactos argumentos, um artigo de autor insuspeito que o Presidente da República, ou quem o assessora levem ler, quando S. Exa. decidir sobre a disparatada, imoral e manobrista resolução, aprovada ontem pelo PSD na Assembleia da República, relativa à realização de um referendo sobre a co-adopção e a adopção de crianças por casais do mesmo sexo.
Subscrevendo o essencial, com uma ou outra reserva que me escuso de explicar(*), chamo a atenção para as seguintes e importantíssimas expressões-chave do artigo: Direitos humanos, humanismo, superior interesse da criança, totalitarismo, vergonha.

(*) - Em todo o caso, não posso deixar de discordar do facto de a carta aberta do Dr. Carlos Reis dos Santos não ter um destinatário mais amplo, a começar pelo PSD e pelo seu líder. Pelo acolhimento e apoio dado à iniciativa; pela disciplina de voto imposta numa matéria como esta (tratou-se de decidir sobre a inaceitável denegação de direitos fundamentais e de direitos humanos...); e pela desfaçatez com que hoje Pedro Passos Coelho veio falar sobre o assunto 
.