segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Um bom aluno prepara-se sempre para o pior dos piores exames

Regularmente, o país submete-se ao vexame da avaliação da Tróica internacional. Exultantes, resumidos à infantilizadora condição de bons alunos, destacados membros do Governo vêm dar conta da nota recebida. Positiva!, proclamam, enquanto os funcionários do FMI, da CE e do BCE advertem com severa benevolência para os "riscos" de mais declarações de inconstitucionalidade, bem sabendo (isto está tudo previsto e sob controlo...) que o Governo, bem comportado, logo há-de valer-se de outras medidas "de elevada qualidade"...