domingo, 15 de dezembro de 2013

Da unidade abreviada de Esquerda

Noticia-se um movimento com vista a um "esforço unitário" da esquerda designadamente para as próximas eleições europeias, a 14 de Maio próximo, se não erro.
Um dos problemas destes, digamos, movimentos, é a noção apressada e abreviada do conceito de Esquerda, bem como a precipitada e forçada análise quanto às possibilidades das reais e consequentes possibilidades de uma verdadeira unidade de Esquerda. 
Uma verdadeira e consequente unidade da Esquerda só será possível com um movimento de forças genuinamente disponíveis e empenhadamente dispostas para uma profunda transformação da sociedade, em termos sociais, políticos e económicos. E é aqui que bate o ponto.
: