quinta-feira, 1 de julho de 2010

Portugal, a PT e a soberania nacional na Europa dos capitalistas

Voltando ao assunto da manchete do Metro, clarifico: sim, o Governo fez muito bem em usar, em nome do Estado Português, a "acção de ouro" que detém na Portugal Telecom, mesmo contra a vontade da maioria dos accionistas. Corresponde ao interesse nacional e não se pode dizer que os accionistas não conheciam essa possibilidade. E, quanto a este ponto, é claro que se trata de uma questão política antes de qualquer questão jurídica, que aliás me parece não existir.
Assim como continuará a ser política a atitude que o Governo tomará após o acórdão do Tribunal Europeu de Justiça que deverá ser conhecido na próxima quinta-feira, dia 8. E mais política ainda a atitude que o Governo português tomará em face das declarações do vice-presidente da Comissão Europeia, Siim Kalas, segundo o qual a utilização da "golden share" não se compagina com a "concepção de mercado livre" (cito da Lusa) dos senhores que mandam na Europa. É aliás uma questão de soberania.