segunda-feira, 28 de junho de 2010

As SCUT e as vias do país real


Ver mapa maior
O líder do PSD, Pedro Passos Coelho, não conhece o país sobre o qual toma decisões tão graves como as que encerram as suas declarações de hoje sobre o estabelecimento de portagens nas SCUT, em relação às quais só admite excepções quando "decorrem do facto de que a única via de comunicação que pudesse existir tivesse sido inutilizada quando o próprio Governo decidiu construir uma auto-estrada em cima dessa via" (citado da agência Lusa).
A A28 é exemplo eloquente. É óbvio que não foi construída "em cima" da velha estrada nacional 13, como facilmente se constata sem sair de Lisboa, bastando consultar um mapa ou o Google. Mas é manifesto que a EN13 deixou há muito de ser uma via sustentável, em termos ambientais, de segurança para as populações e de custo para os municípios, para o tráfego que não seja local. É, além do mais, uma via urbana para a qual não há alternativa.